LafargeHolcim Foundation Knowledge Turntable for Sustainable Construction
Media

Back

Article

Holcim Awards distinguem a construção sustentável

Um prémio monetário no valor de 1 milhão de dólares foi entregue aos melhores projectos de construção sustentável que participaram no primeiro concurso Holcim Awards a nível global. Os vencedores ex aequo do prémio de Ouro dos Holcim Awards foram um projecto de integração urbana em Caracas, Venezuela e o design para uma nova estação ferroviária principal em Stuttgart, Alemanha.

Os vencedores foram seleccionados entre 15 finalistas de todos os continentes, após uma série de cinco concursos regionais com mais de 3,000 candidaturas de 118 países. O prémio de Prata dos Holcim Awards foi entregue a um plano director regional e estratégia de renovação para o Mulini Valley perto de Almafi e Scala, Itália; o prémio de Bronze a um projecto de renovação urbana e habitacional de baixo custo em Montreal, Canadá.

O concurso foi criado em 2004 pela Holcim Foundation for Sustainable Construction, sedeada na Suíça, em colaboração com cinco das melhores universidades técnicas do mundo. Os Holcim Awards visam promover projectos de construção sustentável inovadores, orientados para o futuro e tangíveis, bem como reforçar a consciência dos grupos interessados da importância que a arquitectura, engenharia e construção têm na consecução de um futuro mais sustentável.

O culminar de um ciclo de concursos de três anos

A cerimónia dos Holcim Awards a nível global marcou o ponto mais alto de um ciclo de concursos de três anos. Em cinco concursos regionais, 46 projectos de construção sustentável foram premiados com um total de 1.1 milhões de dólares – concedendo não só benefícios financeiros aos projectos vencedores, mas também partilhando inovação e promovendo respostas sustentáveis aos problemas tecnológicos, ambientais, socio-económicos e culturais que afectam a edificação e construção. Os receptores dos prémios Ouro, Prata ou Bronze em cada uma das cinco finais regionais ficaram automaticamente qualificados para o concurso a nível global.

Contribuição para o desenvolvimento sustentável

A primeira cerimónia dos Holcim Awards a nível global teve lugar em Banguecoque, Tailândia. 700 convidados de 50 países estiveram presentes no evento. No seu discurso de boas-vindas, o presidente da Holcim Ltd e do comité consultivo da Holcim Foundation, Rolf Soiron (Suíça), salientou que o progresso e o desenvolvimento sustentável estavam intimamente ligados ao nome Holcim: “Através da Holcim Foundation, o Holcim Group está empenhado em incorporar os princípios do desenvolvimento sustentável no ambiente construído – aprendendo com a inovação e celebrando novas soluções,” afirmou.

O desafio da urbanização crescente

No seu discurso, o antigo Subsecretário-Geral das Nações Unidas e Director Executivo do Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA), Klaus Töpfer (Alemanha), disse que a crescente urbanização deve fazer parte da solução para o desenvolvimento sustentável: “As formas de vida sociais, ambientais e económicas de vastas populações serão determinadas principalmente pelo dinamismo e criatividade do desenvolvimento urbano," afirmou. Töpfer salientou que, no futuro, as cidades e aglomerados urbanos terão de ser uma parte da solução para o desenvolvimento sustentável.

Repostas contextuais inovadoras – e igualmente dignas de Ouro

A reitora da School of Architecture and Planning do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e presidente do júri dos Holcim Awards, Adèle Naudé Santos (EUA), disse que a construção sustentável tinha uma importância fundamental para a viabilidade contínua das comunidades: “A sustentabilidade está menos relacionada com edifícios e mais com processo e comportamento – e deve inspirar especialmente o planeamento da cidade”, afirmou.

Ao anunciar que dois finalistas concorrentes tinham sido distinguidos com um primeiro prémio ex aequo de 300,000 dólares, Santos disse que ambos os projectos eram notáveis: “Apesar de comprometidos com desafios culturais intrinsecamente diferentes, e por isso sujeitos a diferentes possibilidades, ambos os projectos foram considerados pelo júri igualmente importantes na materialização das aspirações dos Holcim Awards”, afirmou.

Um projecto para modernizar e integrar a infraestrutura urbana na favela de San Rafael-Unido em Caracas, Venezuela, foi premiado com o prémio de Ouro dos Holcim Awards 2006 a nível global. A equipa vencedora da Proyectos Arqui 5 CA, Caracas, incluiu Sílvia Soonets, Isabel Cecilia Pocaterra, Maria Ines Pocaterra e Victor Gastier.

A Senior Visiting Fellow da CKIR Helsinki School of Economics e membro do júri, Kaarin Taipale (Finlândia), disse que o projecto tratava de forma sensível e hábil um conjunto desafiador de questões ambientais, culturais e públicas: “O projecto de integração urbana não promove apenas o orgulho local e o engenho; é uma abordagem eticamente responsável e ambientalmente sensível à tentativa de minimizar dificuldades socioeconómicas extremas," afirmou. O projecto explora formas inovadoras para integrar serviços e infra-estrutura de edifícios como parte de um objectivo mais amplo de unificar adequadamente ambientes naturais e construídos.

O outro receptor do prémio de Ouro dos Holcim Awards 2006 a nível global foi o design para uma nova estação ferroviária principal em Stuttgart, Alemanha, por Christoph Ingenhoven da Ingenhoven und Partner Achiteckten, Düsseldorf.

O director da TEN Arquitectos, membro do Comité Consultivo da Holcim Foundation e do júri, Enrique Norten (México), elogiou o projecto por estimular o orgulho social através de um novo centro urbano: “Este projecto incorpora de forma inovadora a investigação material, estrutural e de produto num design objectivo e sustentável para recuperar o espaço urbano”, afirmou. A nova estação irá ligar dois locais de habitação urbana que estavam divididos, promovendo a coesão social e proporcionando novas oportunidades para actividades de lazer e interacção entre todos os grupos etários.

Soluções transferíveis para a renovação – Os prémios de Prata e Bronze
O prémio de Prata dos Holcim Awards no valor de 250,000 dólares foi para um plano director regional que é uma fusão entre preservação e inovação, com o objectivo de fortalecer a base económica do Mulini Valley, em Itália. O projecto foi coordenado por Luigi Centola, Centola & Associati, Roma e Mariagiovanna Riitano, Universidade de Salerno, Fisciano em cooperação com parceiros de Itália, Espanha, EUA e Reino Unido.

Professor na TVB School of Habitat Studies, director da Ashok B Lall Architechts e membro do júri, Ashok B Lall (Índia), elogiou o projecto por expandir a extensão funcional de estruturas existentes e preservar cuidadosamente as qualidades inerentes da paisagem: “O projecto coordena de forma elegante uma diversidade de grupos interessados para gerar um modelo viável de melhoria a longo prazo dos ambientes naturais e construídos,” afirmou. O projecto demonstra uma consciência séria da evolução do local e combina proficientemente materiais contemporâneos e tecnologias com uma estrutura de edifícios históricos.

O terceiro prémio no valor de 150,000 dólares foi atribuído a um projecto de renovação urbana e habitacional de baixo custo em Montreal, Canadá, que incorpora o envolvimento da comunidade e diversas tecnologias úteis a um desempenho e eficiência de construção excelentes. O projecto foi criado por uma equipa liderada por Daniel Pearl com Mark Poddubiuk e Bernard Olivier da L’OEUF (L'Office de L'Eclectisme Urbain et Fonctionnel), sedeada em Montreal.

O prémio foi apresentado pela directora e presidente da Asia Pacific Roundtable for Sustainable Consumption and Production (APRSCP) e membro do júri, Olívia L la O’ Castillo (Filipinas), que elogiou a sensibilidade ambiental e social do projecto e a sua transferabilidade: “O método integrado de planeamento pode ser aplicado a muitas outras circunstâncias. Por isso, o projecto pode ser uma referência – até mesmo uma inspiração – para projectos semelhantes em qualquer parte do mundo,” afirmou. O projecto também se apresenta como um modelo valioso para esquemas de financiamento conjuntos.

A construção sustentável para além dos Awards

O concurso Holcim Awards através do qual a Holcim Foundation reconhece projectos de construção exemplares é apenas uma de um conjunto de iniciativas da Holcim Foundation. O CEO da Holcim Ltd e presidente do Conselho de Administração da Holcim Foundation, Markus Akermann (Suíça), anunciou uma nova iniciativa a nível global designada por “Project Seed Funding” para apoiar projectos de construção sustentável e actividades de investigação. Confirmou que o próximo ciclo de concursos dos Holcim Awards estará aberto a candidaturas em meados de 2007.

Em Abril do próximo ano, será organizado pela Tongji University em Xangai, China, um Holcim Forum de três dias dedicado ao tema da transformação urbana, com o objectivo de promover o discurso académico em torno da construção sustentável. Akermann referiu que o rápido crescimento da população urbana exigia soluções efectivas e um pensamento inovador: “A transformação urbana levanta muitas questões e abre um amplo campo de debate acerca da natureza da vida urbana – e exige propostas que sejam não apenas ecologicamente sensíveis, mas também sustentáveis economicamente, socialmente e esteticamente,” afirmou.

Competência técnica internacional para os Holcim Awards e júri
Os projectos apresentados a concurso foram julgados por um júri independente de 14 pessoas, incluindo arquitectos, engenheiros e professores universitários proeminentes de 10 países. Na avaliação, o júri utilizou os critérios abrangentes para a construção sustentável, que incluem desde a qualidade ambiental e estética até aos altos padrões éticos e económicos, que a Holcim Foundation definiu em colaboração com as suas universidades parceiras de grande renome na Europa (ETH Zurich, Suíça), América do Norte (MIT Boston, EUA), América Latina (USP São Paulo, Brasil), África Oriente Médio (Wits Johannesburg, África do Sul) e Ásia Pacífico (Tongji Shanghai, China).

Last Updated: April 25, 2006
LafargeHolcim Foundation